English Version Portugues
 
 
English Version Portugues
   
 
English Version Portugues

Morrer para viver

(Roberta Izabel)

     "Estando nós ainda mortos em nossas ofensas, nos vivificou juntamente com Cristo (pela graça sois salvos)"

Efésios 2:5

     Tantas vezes estamos tão firmes em nossa autossuficiência, que acabamos não percebendo que somos levados a viver uma mentira disfarçada de verdade. Homens e mulheres que se cobram cruelmente para serem conhecidos e aceitos pela sociedade, tendem a demonstrar uma vida que ao final das contas não condiz com a sua realidade. (Pv 14:5).

      Nossos “achismos” nos afastam de quem realmente somos em Deus, fazendo com que nos sintamos responsáveis por saber e ser tudo o que as pessoas querem que sejamos. Nos iludimos se pensamos que vamos salvar o mundo com nossa medíocre autossuficiência , devemos antes nos apoiar na graça e entender que dependemos dela.

      Quando aceitamos a Cristo morremos para o mundo e passamos a viver para Deus, porém temos que entender que essa morte deve ser diária. As vezes temos que morrer pra essa forma de vida que vamos levando, vivendo completamente descompromissados com a cruz de Cristo. Tem que haver a morte do eu, para que assim possamos viver intensamente o querer do Pai.

       Morrer pode ser para muitos um sacrifício enorme, o que na verdade é, mas nos acostumamos a viver sem sacrifícios. Quantos filhos de Deus como nós estão neste exato momento sendo perseguidos, aprisionados e até mesmo mortos (sentido literal da palavra) por um amor desesperado que têm por Jesus, pois Ele é  motivo maior de suas vidas.

Devemos nos lembrar de orar pela igreja perseguida!

       Que legado pretendemos deixar para as próximas gerações? Tesouros sobre a terra onde a traça e a ferrugem corroem e onde ladrões escavam e roubam? (Mateus 6:19). Ou a semente da vida eterna, plantada, regada, cuidada, para no devido tempo apresentar não somente o seu fruto, mas uma árvore frondosa que produzirá frutos repetidas vezes, com novas sementes, perpetuando assim uma espécie que faz diferença? Escolha viver de modo que sua ausência possa ser notada em cada ambiente que você convive, para que por seu intermédio seja  sentida a fragrância do bom perfume de Cristo, aroma de vida para vida! (2 Co 2:14-16)

““Morra” com um propósito de viver  prostrado aos pés de Jesus.”

Confissão: Creio na Tua palavra e quero viver essa vida de apoiado na Tua soberana vontade, morrendo a cada dia para mim mesmo. Romanos 16:11