English Version Portugues
 
 
English Version Portugues
   
 
English Version Portugues

Prosseguindo
(Jean Haberman - twitter.com/jeanhaberman)

  “Irmãos, quanto a mim, não julgo que o haja alcançado; mas uma coisa faço, e é que, esquecendo-me das coisas que atrás ficam ... Prossigo para o alvo, pelo prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus"

Filipenses 3:13-14

         Com a chegada do ano novo uma palavra vem ao meu coração: Prosseguir. Nossa vida é uma constante e ininterrupta caminhada, a cada ano que passa nos tornamos mais maduros, mais experientes, mais "vividos" e isso traz sobre nós uma responsabilidade ainda maior em continuar.

      Prosseguir era o lema da vida do Apostolo Paulo, ele entendeu que o sentido e alvo de sua vida estavam em Cristo, por isso ele disse: esquecendo-me das coisas que para trás ficam. Nós também só conseguiremos continuar a caminhada se esquecermos das coisas que ficaram para trás.

     Acho importante, porém, explicar este "esquecer", pois não se trata de deixar de lembrar algo, nós enquanto cristãos devemos nos esquecer não só de nosso passado e de nossos pecados, mas devemos nos esquecer também de nossas conquistas! Calma, eu explico, este esquecer a que me refiro, e que creio que Paulo também se referia, esta no fato de viver do passado. Muitas são as pessoas que estão empacadas na caminhada cristã por se acharem imperdoáveis baseando-se em seu passado, mas existem também muitas pessoas que pararam a caminhada pois ainda estão vivendo de "glórias passadas", ainda batem no peito contando os seus grandes feitos.

     Não existe problema algum em se lembrar das grandes coisas do passado, pelo contrário, relembrar os grandes feitos de Deus em nós e através de nós enche nossos corações de gratidão e de esperança para o que Ele ainda pode fazer, devemos sempre "trazer à memória aquilo que nos traz esperança", e isso acontece até quando nos lembramos do nosso passado pecaminoso, vemos o quanto Deus nos transformou e compreendemos seu amor. Mas esse sentimento deve nos impulsionar a continuar.

     Imagine que você está correndo uma maratona, você não pode parar e se assentar na calçada e começar a chorar porque tropeçou e caiu no quilômetro anterior, nem tão pouco colocar a mão na cintura e ficar admirando o quanto já correu. Volte para a corrida! A corrida só termina no céu!

     O ano só está começando, há muito ainda para ser feito, não pare a caminhada enquanto admira ou lamenta o passado! Parafraseando Paulo eu digo para você: “Não que eu já tenha alcançado, mas uma coisa eu faço: Eu me esqueço das coisas que para trás ficaram, deixo de olhar para os meus erros e acertos e me concentro, porque sei que a corrida ainda não acabou, desta forma eu encontro forças e motivo para prosseguir até alcançar o prêmio que está guardado para mim".

Confissão: Senhor, quero viver os propósito de Senhor para mim, por isso para de focalizar os meus fracassos e conquistas e me concentro em continuar seguindo os planos do Senhor em minha vida.