English Version Portugues
 
 
English Version Portugues
   
 
English Version Portugues

Pouco nas mãos
(Jean Haberman - twitter.com/jeanhaberman)

  “E tu, levanta o teu cajado, e estende a tua mão sobre o mar, e fende-o, para que os filhos de Israel passem pelo meio do mar em seco. ”

Êxodo 14:16

    Todos nós conhecemos a história de Moisés e sabemos que Deus proporcionou ao povo de Israel muitos sinais através da vida dele. É fascinante ver quantas coisas ele realizou, mas se você analisar os versículos um pouco mais a fundo, vai perceber que nos momentos mais decisivos da vida de Moisés Deus lhe dizia: "Levanta o teu cajado".

     Essa não é mais uma história de Harry Potter, tão pouco o cajado que Moisés carregava tinha algum poder místico ou sobrenatural, mas ainda assim Deus pedia para que Moisés o usasse, quer fosse para abrir o mar, ferir a rocha e dela tirar água ou até para que as pragas do egito acontecessem. Qual era a mensagem que Deus queria passar com tudo isso?

     Deus não se limita à formas para que os milagres aconteçam, na vida de Jesus vemos ele curando pessoas com as mesmas doenças mas usando métodos diferentes, Deus pode fazer o que Ele quer do jeito que Ele quiser, Deus não se prende à métodos. Mas Deus é "didático" e por vezes usa de repetições para ensinar o seu povo.O próprio Jesus gostava da repetição: "Na verdade, na verdade vos digo...".

     Vemos a solução deste enigma sobre o cajado de Moisés no capítulo 4 de êxodo, enquanto Deus falava com Moisés sobre sua missão, Ele pergunta para Moisés: "O que é isso que tens nas mãos?" (v2). A Resposta de Moisés foi pura e simples: "Um cajado", e a instrução de Deus foi: "Toma este cajado"(v17).

     Quando entregamos aquilo que temos, por mais que pareça pouco e simples, Deus pode fazer maravilhas! E ele sempre vai te lembrar: "Você não precisa de muitas coisas para ser usado, só precisa entregar aquilo que tem nas mãos, por mais simples que seja e Eu farei o resto."

     O versículo 20 coroa esse momento marcante na vida de Moisés quando diz:"Tomou, pois, Moisés sua mulher e seus filhos, e os levou sobre um jumento, e tornou à terra do Egito; e Moisés tomou o cajado de Deus na sua mão". Quando você entrega o pouco que você tem, ele se torna o muito de Deus. Aquele simples cajado de Moisés se tornou o cajado de Deus.

     Posso me arriscar a dizer que todas as vezes que Deus mandava Moisés fazer algum sinal e dizia: "Pega o teu cajado" um sorriso brotava na face de Moisés e em seu interior ele se lembrava daquele dia em que Deus lhe perguntou: "O que é isso que tens nas mãos?"

"Entregue ao Senhor o seu natural e Ele fará com o seu natural o sobrenatural dEle"

Confissão: Não vou mais menosprezar o que tenho, os meus dons e talentos, por menor que sejam, podem e serão usados para a glória do Senhor.